Atendimento (11) 4501 - 6410

  • Telefone : (11) 4501 - 6410

Destinos

Mendonza - Argentina

Descrição


Destinos Mendoza/ARG

Mendonza Argentina é a capital da província de mesmo nome e fica localizada ao oeste do país, em volta da Cordilheira dos Andes. A cidade, considerada “Terra do Sol e do Bom Vinho”, é um dos principais pontos turísticos da Argentina e é responsável por 70% da produção de vinho do País, e 5º lugar no mundo, sendo o centro viticultor mais importante da América do Sul.

Mendonza Argentina Clima:

A cidade Mendoza oferece estações bem definidas, com clima predominantemente seco e com poucas chuvas. O inverno é rigoroso, com temperatura média abaixo dos 10°C, com ocorrência de neve. O verão é mais ameno, com temperatura em torno de 25°C. O Turismo está em alta no fim do verão, pois a cidade apresenta temperaturas agradáveis e os vinhedos estão em época de colheita. 

Mendonza vinícolas:

A principal atividade econômica da cidade Mendonza está relacionada à produção de vinho. A combinação de clima seco e excelente qualidade de solo são responsáveis por castas de uvas como Malbec, Cabernet Sauvignon, Tempranillo e Chardonnay, apreciadas em todo o mundo. 

As vinícolas de Mendonza dão origem a 1 bilhão de litros de vinho por ano, produzidos nas mais de 1.220 bodegas, como são chamadas as vinícolas na Argentina. 

Mendonza História:

As videiras de Mendonza ganharam notoriedade no século XIX, com a chegada de imigrantes italianos, espanhóis e franceses. As primeiras mudas de vinha foram trazidas pelos jesuítas, que para celebrar suas missas precisavam de vinho. Já que não era viável exportar de outros países, optaram pela produção própria. As boas condições de clima e solo foram responsáveis por vinhos de excelente qualidade, que abastecem adegas de diversos países atualmente. 

A partir de 1885 as produções maiores começaram a surgir, sendo enviadas para a capital Buenos Aires, aumentando a demanda de produção. 

Em 1861 ocorreu um terrível terremoto que destruiu a cidade, mas três anos depois a cidade foi reconstruída com um projeto de urbanismo inovador, que possibilitaria uma evacuação mais rápida em caso de novos tremores.

Em 1885 a cidade recebeu o trem comboio de Buenos Aires, que estimulou a entrada de imigrantes italianos e espanhóis e deram origem à geração de enólogos e produtores de azeite, reforçando a economia da cidade. 

Viagem Zap.

Pacotes Relacionados